Arquivo

Archive for the ‘Variedades’ Category

Sons da natureza

Escute os Sons da natureza online, componha você mesmo seu som ambiente para os momentos de relaxamento e escute os sons da natureza.

image

http://naturesoundsfor.me/

Categorias:Dicas, Variedades

U3-X Personal Mobility Prototype

março 28, 2011 Deixe um comentário

 

Nuvem artificial pode garantir sombra aos torcedores na Copa do Mundo de 2022

março 23, 2011 Deixe um comentário

 

Fonte:baixaki.com.br

Universidade do Qatar divulgou o projeto.

(Fonte da imagem: Divulgação / The Peninsula)

O projeto de uma nuvem artificial foi exibido nesta semana pelo departamento de mecânica e engenharia da Universidade do Qatar. A ideia é utilizar a engenhoca para atenuar o calor de jogadores e torcedores em jogos realizados nos estádios sem cobertura durante os jogos da Copa do Mundo de 2022.

A nuvem seria construída com fibra de carbono e seria equipada com quatro motores movidos a energia solar e gás hélio, garantindo que ela flutuasse. O projeto foi desenvolvido por Saud Abdul Ghani, chefe do departamento de mecânica e engenharia, e de acordo com o jornal The Peninsula, teria curto aproximado de US$ 500 mil, o equivalente a R$ 830 mil.

Um dos motivos que levou ao estudo de uma nuvem artificial foi a polêmica gerada na escolha do Qatar para sediar a Copa do Mundo de 2022. Isso porque o verão no país árabe é muito rigoroso nos meses de junho e julho, época em que o evento esportivo acontece.

Além disso, a ideia não é utilizar a nuvem apenas durante a Copa do Mundo, mas sim vender o produtor para fazer sombra em parques e estacionamentos do país, que chega a registrar temperaturas de 50ºC durante o verão.

Leia mais no Baixaki: http://www.baixaki.com.br/tecnologia/9271-nuvem-artificial-pode-garantir-sombra-aos-torcedores-na-copa-do-mundo-de-2022.htm#ixzz1HQzStPRa

Categorias:Variedades

Caixa de placa-mãe da ASUS vai servir como case de computador

 

A ASUS poderá ganhar alguns pontinhos com o Greenpeace assim que começar a vender o seu novo modelo de placa-mãe mini ATX apresentada hoje durante o CEBIT, na Alemanha. A placa-mãe em si não tem nada de mais, ela não transforma gás-carbônico em oxigênio ainda (embora não seja uma má ideia), mas a caixa em que ela é vendida pode ser reutilizada e isso garante ao menos um rápido sorriso na face dos loucos por reciclagem.
image

Provavelmente qualquer caixa de papelão em que placas-mães são vendidas hoje em dia podem ser recortadas, moldadas e montadas para servir como uma case de computador. Mas a caixa criada pela ASUS é a primeira que tem esse propósito em mente, com partes já vincadas e perfuradas para receber a placa-mãe que vem dentro dela e abrigá-la junto com os demais componentes.

Segundo a empresa, esse modelo de placa-mãe e caixa vai servir mais para aqueles apressados que querem montar e ligar o seu computador o mais rápido possível, se preocupando depois em procurar uma case compatível. Ainda não sabemos qual o modelo de placa-mãe será vendido com essa caixa, mas a empresa garante que em junho desse ano ela estará disponível no mercado.

 

tecnoblog.net

Alemanha inaugura a maior feira de informática do mundo

 

 

 Visitante observa uma das instalações em exposição na feira de informática

Visitante observa uma das instalações em exposição na feira de informática

A maior feira informática do mundo começa nesta terça-feira na Alemanha, em meio a inquietações sobre questões de segurança e confidencial idade no setor, depois do "desaparecimento" de 150.000 contas do e-mail do Google.
O salão Cebit de Hanover aborda nesta semana o "cloud computing" ou "computação em nuvem", sem responder a todas as perguntas feitas sobre confidencialidade levantadas por essa tecnologia dominada pelas empresas americanas.
Com efeito, no início desta grande feira alemã realizada sob o slogan "viver e trabalhar nas nuvens", o Google acaba de ilustrar os riscos vinculados a essa tecnologia.
O grupo americano reconheceu problemas que afetaram o e-mail de 150.000 pessoas em todo o mundo, que perderam suas contas talvez para sempre.
Apesar de o incidente ser pequeno na escala do gigante da Internet, já que afeta apenas 0,08% de suas contas de e-mail, "é a primeira vez que isso ocorre com essa magnitude", declarou à AFP Carlo Velten, do gabinete da assessoria Experton.
Todo internauta que utiliza uma conta de e-mail recorre ao "cloud computing".
"A maioria dos consumidores fazem ‘cloud computing’ sem saber", explica à AFP August-Wilhelm Scheer, presidente da federação tecnológica alemã Bitkom. Isso ocorre quando publicam fotos de suas férias via rede social Facebook, quando jogam on-line ou quando se inscrevem em um site de encontros.
Para isso, utilizam programas que não estão no disco rígido do computador, mas em uma "nuvem" de servidores dispostos em todo o mundo e acessíveis pela Internet, de forma gratuita ou mediante remuneração.
Os dados são acessíveis em qualquer lugar e, para as empresas, esse sistema é menos oneroso que criar um servidor ou comprar licenças de programas informáticos.
Bitkom calcula que na Alemanha o volume de negócios do "cloud computing" ultrapassará os 1,1 bilhão de euros em 2010, chegando em 8,2 bilhões em 2015.
Essa expansão suscita uma certa desconfiança, particularmente na Alemanha, país muito preocupado com a confidencialidade, e que já obrigou o Google e o Facebook a serem mais exigentes no tratamento de dados privados.
A desconfiança aumenta com o fato de quase todas as empresas de "cloud computing", proprietários de servidores gigantestos, serem americanas: Amazon, Google e Microsoft dominam o mercado.
"Algumas empresas se recusam a utilizar servidores situados nos Estados Unidos, já que as leis do país contra o terrorismo permitem acessar dados privados", explica Carlo Velten.
Mas os americanos poderiam resolver o problema, criando um centro de dados na Europa. O especialista prevê também que "os países que têm as leis mais rígidas em matéria de proteção de dados serão os vitoriosos" da informática na "nuvem", e cita a Suíça, país muito atraente, segundo ele, para empresas que buscam segurança.
Scheer, por sua vez, relativiza os riscos vinculados à centralização de dados em servidores gigantescos.
"Podemos imaginar um atentado, ou um avião se chocando contra um servidor; Mas o mesmo pode ocorrer com as centrais elétricas, e nem por isso empresas do setor controem cada uma central diferente", explica.

band.com.br

Comparativo de Impressoras a Lazer Coloridas

Matéria do Olhar Digital

http://www.olhardigital.com.br/embed/16641

Neste mês, o Laboratório Digital analisou o desempenho de impressoras a laser coloridas para uso doméstico ou em pequenas empresas. Os equipamentos se destacam por serem mais rápidos do que os modelos jato de tinta e por utilizarem, em média, até dez vezes menos cartuchos, para imprimir o mesmo número de páginas.

Outra vantagem é que as laser também imprimem em papeis de maior gramatura, como os fotográficos, a um custo bem acessível. O resultado são fotos com ótima qualidade e cores vibrantes. E tem mais: esse tipo de impressora geralmente já vem conexão de rede de fábrica, inclusive algumas sem fio.

CARACTERÍSTICAS FÍSICAS
Testamos três das mais novas impressoras do mercado, a LaserjetPro Color CP1525nw, da HP; a CLP-325W, da Samsung; e a Phaser 6140, da Xerox. O primeiro detalhe é que elas ainda são bem pesadas. A mais leve, da Samsung, tem 11 kg, enquanto as demais pesam mais de 18 kg.

Esses modelos também são maiores do que as impressoras jato de tinta tradicionais, sendo que o modelo da Xerox tem quase o dobro da altura das demais.

INSTALAÇÃO
O processo de instalação é bem simples, basta seguir o passo a passo dos CDs, inclusive para a conexão em rede. Fica apenas uma dica: se você tem mais de um computador, instale os drivers em todos eles. Nesse quesito, HP e Samsung levam a melhor, uma vez que elas já vêm prontas para redes sem fio.

A Xerox, por sua vez, precisa de um acessório, comprado a parte. Outro ponto fraco do mesmo modelo é que no CD de instalação não existe o driver para o Windows 7, o que exige fazer o download da nova versão.

 

VELOCIDADE E QUALIDADE

Se a impressora da Xerox peca pelo tamanho, ganha na velocidade. Ela imprime 18 páginas por minuto (ppm) no modo colorido e 20 ppm no monocromático, contra, respectivamente, 8 ppm e 12 ppm da HP. Já a Samsung é a mais lenta no modo colorido, com apenas 4 ppm, mas tem desempenho melhor no preto e branco, com 16 ppm.

Em relação à qualidade, avaliamos imagens coloridas e padrões monocromáticos impressos em papel fotográfico. Quem obteve os melhores resultados foi a HP, seguida pela Xerox e, por último, a Samsung.

CUSTO POR PÁGINA
Esse é um item super importante. Isso porque um toner ou um cartucho de tinta pode custar tanto quanto a própria impressora, ou até mais. Nos nossos testes, a HP registrou o menor custo: R$ 0,33 por página colorida impressa. Em segundo lugar ficou a Xerox, com R$ 0,49, e a Samsung apareceu com o mais cara, com R$ 0,54.

PREÇO
No caso das impressoras a laser, o barato, realmente sai mais caro. Alguns cartuchos de toner que acompanham uma impressora nova vêm com capacidade reduzida. Isso aconteceu no caso da Samsung e da Xerox.

Assim, a impressora da Samsung custa R$ 650 e é R$ 200 mais barata do que a HP, que sai por R$ 850,00. Esta última, por sua vez, vem com autonomia para imprimir praticamente o dobro de páginas. Ou seja, seria preciso adquirir um conjunto completo de toner para a Samsung ter a mesma capacidade da HP, o que significa um acréscimo de R$ 672 na conta.

No final, a vantagem que era de R$ 200, vira uma desvantagem de aproximadamente R$ 470 para quem optar pela Samsung, em vez da HP.
Já quanto à Xerox, o preço praticado é o mesmo da Samsung, mas o modelo tem uma autonomia um pouco superior, mas ainda bem abaixo da autonomia da HP.

CONCLUSÃO
A escolha do Olhar Digital é a LaserjetPro Color CP1525nw, da HP. Ela apresentou o melhor preço, o melhor custo por página e a melhor qualidade de impressão. Além disso, a HP também se lembrou do consumidor num detalhe que até pode parecer bobo: ela incluiu o cabo USB. Já que é frustrante a experiência de chegar em casa, querer usar a impressora e só então perceber que esqueceu de comprar o cabo.

A Xerox, por sua vez, é a opção para quem precisa de velocidade e não se incomoda com tamanho. Enquanto a Samsung é exatamente o oposto, sendo mais compacta, porém mais lenta em impressão colorida.

Categorias:Dicas, Soluções, Variedades

Acontece…

fevereiro 27, 2011 Deixe um comentário
Categorias:Variedades, Videos