Archive

Archive for the ‘Tutoriais’ Category

Como funciona o imposto em compras internacionais no Brasil?

fevereiro 24, 2011 Deixe um comentário

 

Entenda quais são os impostos que você paga e quais são as justificativas para que existam tributações nas compras internacionais.

Superphones, tablets com processadores potentes e computadores com configurações de primeira linha. Os consumidores que estão acostumados a acompanhar os últimos lançamentos do mundo tecnológico no Baixaki, muitas vezes ficam desapontados por descobrirem que um determinado produto não será vendido no Brasil ou sequer tem previsão de chegar ao país.

A solução encontrada por muitos é recorrer às lojas internacionais que trabalham com entrega de produtos no Brasil. Embora os preços em dólar ou euro, somados com valores altos de frete, muitas vezes fiquem ainda abaixo dos praticados por muitos produtos vendidos por aqui, existe a probabilidade de sua compra ser tributada atendendo a um decreto do Ministério da Fazenda.

Contudo, muitos usuários, temerosos de pagar um valor que não sabem ao certo qual é sobre uma mercadoria, muitas vezes deixam de fazer as suas compras no exterior.

Embora exista a possibilidade de o produto entrar no país sem que você pague a tributação, entender quais são os impostos que incidem sobre as mercadorias é uma maneira de tornar sua compra mais segura, resultando num valor final que esteja dentro dos seu orçamento.

 

Por que pagamos impostos sobre importação?

Antes que você imagine que pagar tributação sobre um produto importado é algo injusto, é importante analisar por qual razão impostos como esse existem. Basicamente, os impostos que incidem sobre as operações de importação visam proteger o mercado interno brasileiro.

Por exemplo, suponha que você queira comprar um aparelho de celular nos Estados Unidos. Embora o modelo específico recém-lançado por lá ainda não exista aqui, existem modelos similares, com menos recursos, mas que se enquadram na categoria celular, fabricados no Brasil.

Assim, caso todo mundo optasse por comprar apenas no exterior, os produtos brasileiros seriam deixados de lado, gerando prejuízos para os fabricantes nacionais, desaquecimento no mercado interno e, consequentemente, aumento no desemprego. Para que isso não ocorra, ou ao menos possa ser minimizado, o governo regula essas transações tributando os produtos.

Sobre cada categoria de produto incidem impostos distintos. Os mais comuns, no caso das compras pela internet, são o II (Imposto de Importação), IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) e ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços).

Entendendo o Regime de Tributação Simplificado

O sistema de tributação nas importações é regulado pelo RTS (Regime de Tributação Simplificada). Graças a esse Decreto-Lei (n° 1804/80), ao fazer compras no exterior cujo valor seja inferior a US$ 500, é aplicado sobre o produto uma alíquota única sobre a mercadoria.

Na prática, o que isso significa? Simples. Some o valor do produto que você comprou com o valor do frete. O percentual da tributação sobre a encomenda é de 60%. Um exemplo: um celular que custe US$ 250 e tenha mais US$ 50 de frete, pode ser tributado em até US$ 180. Todo esse percentual é destinado ao governo federal.

Além disso, alguns estados cobram ICMS sobre a mercadoria. O percentual é variável, indo mesmo da isenção até tarifas de 10% sobre o valor total já com impostos. Voltando ao nosso exemplo: o celular de US$ 250, com frete de US$ 50 e tributação de US$ 180, totalizando US$ 480, se comprado em um estado como a Bahia, que tem uma alíquota de 10% de ICMS, pode chegar a US$ 524.

Algumas mercadorias, contudo, são isentas de tributação: livros, jornais e periódicos, de acordo com o artigo 150 da Constituição Federal, e encomendas enviadas de pessoa física para pessoa física e com valor declarado inferior a US$ 50 não pagam a alíquota de 60%.

É possível escapar da tributação?

Em tese, nenhum produto que se enquadrasse nas características citadas acima deveria escapar da tributação. Entretanto, você já deve conhecer casos de pessoas que compraram pela internet produtos de alto valor e não foram tributadas. Da mesma forma, usuários com compras de preço baixos muitas vezes acabam pagando a tributação, como previsto em lei.

Isso acontece pela seguinte razão: atualmente, o volume de importações realizadas pelos brasileiros é enorme, muito maior do que o número de fiscais disponíveis para avaliar cada uma das encomendas recebidas. Assim, a solução encontrada para que os produtos não se acumulassem nos depósitos da Receita Federal foi a de realizar o processo por amostragem.

Ou seja, de cada grupo de produtos, apenas alguns são analisados e, consequentemente, tributados. Assim, ao menos nesse caso, a sorte pode estar ao seu lado e a sua mercadoria pode chegar a suas mãos sem que seja preciso pagar algum tipo de tributação. Considere como uma bonificação ou uma espécie de desconto do seu orçamento original.

Entretanto, caso sua encomenda seja pega em uma situação como essa, a mercadoria, em vez de ir para a sua casa, irá para a agência dos Correios mais próxima à sua residência. Você receberá uma correspondência informando da tributação e deverá pagá-la, direto nos Correios, para poder retirar seu material.

Conferindo o valor do tributo

Caso o seu produto seja tributado é preciso ficar atento ao valor do imposto a ser pago. A tributação pode ocorrer de duas formas distintas. A mais comum delas é quando a fiscalização se baseia no valor declarado do produto, constante na nota fiscal ou na documentação anexa. Nesse caso o imposto é cobrado sobre o valor declarado.

Contudo, pode ocorrer de o fiscal que analisa a sua mercadoria não concordar com o valor descrito na encomenda. Em casos como esses, ele é autorizado a abrir a sua encomenda e atribuir um novo valor a ela. Sobre esse novo valor é que será calculada a alíquota.

Assim, ao chegar a uma agência do Correio, verifique o valor sobre o qual você está pagando a alíquota. Caso você não concorde, é possível recorrer e pedir revisão dos valores. O mais comum é que, caso você prove o valor da compra, a alíquota cobrada incida mesmo sobre o valor original do produto.

A mesma lógica serve para desmistificar uma característica que se tornou comum entre os importadores ou aqueles que recebem muitas mercadorias do exterior. Muitos afirmam que, caso você declare o produto como gift (presente) essa alíquota acaba não sendo cobrada pela fiscalização. Essa informação não procede.

Caso o fiscal julgue necessário, ele poderá abrir a sua encomenda declarada como gift e atribuir um valor à mercadoria. Da mesma forma, para retirá-la dos Correios você precisará pagar a alíquota ou recorrer. Independente do valor final atribuído, no final das contas, você acabará tendo o produto tributado.

A carga tributária é alta. Vale a pena importar?

A carga tributária que incide sobre os produtos importados pelos brasileiros é alta. Reformas tributárias vêm sendo discutidas há muito tempo no Congresso Nacional e no Senado, mas é pouco provável que tenhamos mudanças significativas nesse cenário ao menos em 2011.

Porém, ainda assim, em muitos casos é válido importar produtos para o Brasil. O primeiro aspecto que você deve levar em consideração é a disponibilidade da mercadoria em questão por aqui. Caso exista um similar nacional, se colocarmos as alíquotas tributárias em um comparativo, é provável que a diferença de preços entre eles seja pouco significativa.

Todavia, produtos que não disponham de concorrentes ou modelos idênticos por aqui, podem opções interessantes de importação. Discos de Blu-ray, aparelhos eletrônicos, itens de coleção e outras mercadorias de produção limitada ou não fabricadas no país são objetos a serem considerados para compra no exterior.

Impostos sobre eletrônicos

Em recente entrevista na Campus Party Brasil 2011, o Ministro das Comunicações Paulo Bernardo declarou que estuda a possibilidade de diminuir a carga tributária sobre os tablets no Brasil. As mudanças na classificação do produto poderiam reduzir em até 30% os preços. Da mesma forma, o projeto Jogo Justo luta pela reclassificação dos games no Brasil, fato que também reduziria os preços praticados no país.

Cada produto tem as suas características específicas e, por isso, cada caso deve ser analisado em separado. O Baixaki já abordou como funcionam os impostos de eletroeletrônicos no Brasil neste artigo e, se você quiser se aprofundar no tema, vale a pena a leitura.

Entretanto, vale lembrar que mesmo aspectos técnicos de tributação ainda suscitam dúvidas entre fiscais, consumidores e juristas. Por isso, o melhor conselho é, antes de efetuar uma compra, fazer o cálculo dos possíveis impostos incidentes sobre o valor máximo possível. Se, ainda assim, a compra valer a pena ou justificar a necessidade, siga em frente sem medo.

Você costuma fazer compras internacionais pela internet com frequência? Já enfrentou algum problema relacionado com a tributação de mercadorias? Participe deixando seus comentários sobre as suas experiências em importações.

Leia mais no Baixaki: http://www.baixaki.com.br/tecnologia/8776-como-funciona-o-imposto-em-compras-internacionais-no-brasil-.htm#ixzz1EvqVmFvS

Categorias:Tutoriais, Variedades

Tutorial do Bankerfix

novembro 8, 2010 Deixe um comentário
 

O BankerFix  é um ótimo programa que detecta e elimina worms e cavalos de tróia que roubam senhas bancárias, Paypal, Msn e Orkut. Estas pragas são brasileiras e seu principal alvo são os internautas brasileiros, o que torna comuns as infecções por Bankers (nome pelo qual são conhecidas estas ameaças).

Como instalá-lo e utilizá-lo:

* Faça o download do Bankerfix no endereço abaixo:

http://www.linhadefensiva.org/dl/bankerfix
* Dê um duplo clique no arquivo que você terá baixado e surgirá a mensagem abaixo, na qual você clicará no botão OK:

Certifique-se de que o seu PC esteja conectado à internet (para que o Bankerfix possa ser atualizado) e clique em OK novamente nesta nova mensagem que aparecerá:

Clique em OK mais uma vez:

Aparecerá esta outra tela abaixo, na qual você clicará em qualquer tecla para prosseguir com a execução do Bankerfix:


Neste momento surgirá esta tela abaixo e então é preciso aguardar até que o escaneamento seja concluido:

Assim que a verificação for concluida, caso o programa não ache nada de errado, surgirá uma mensagem como esta:

Se o Bankerfix encontrar algum Banker em seu computador, você irá receber uma mensagem dizendo se algum problema foi encontrado e solucionado ou se alguns arquivos infectados não puderam ser removidos, ou se é preciso reiniciar o PC para completar o processo de remoção das ameaças.
Assim que o programa concluir o seu trabalho, feche a sua janela.
Se o Bankerfix pedir para reiniciar o PC, faça-o o mais depressa possível. Neste caso dele solicitar a reinicialização, assim que o computador houver reiniciado uma janela da ferramenta será mostrada contendo o parecer conclusivo sobre a remoção dos problemas encontrados.
Obs: Caso o Bankerfix encontre algum problema que não consiga remover, reinicie o PC em Modo Seguro (apertando a tecla F8 (ou a tecla F5 em alguns computadores) repetidas vezes enquanto o PC está reiniciando e selecionando a opção Modo Seguro), assim como mostra a imagem abaixo:

Ai, neste caso, assim que o PC tiver iniciado no Modo Seguro você executa novamente o Bankerfix.
Caso a ferramenta encontre malwares em seu PC, troque suas senhas de banco, Orkut e Msn.
Relatório (log):
O resultado do escaneamento contendo a listagem dos arquivos removidos pela ferramenta será criado em C:\LinhaDefensiva\relatorio.txt
O relatório da ferramenta, informando sobre todos os arquivos detectados e removidos, fica no arquivo relatorio.txt, presente na pasta C:\LinhaDefensiva, onde C: é a unidade de onde a ferramenta foi executada. Por exemplo, se a ferramenta foi executada a partir de um disquete, a pasta ficará em A:\LinhaDefensiva.
Caso você não queira guardar a ferramenta para ser executada futuramente, após a sua utilização pode excluir a ferramenta Bankerfix e a pasta LinhaDefensiva.

Utilizando o BankerFix de tempos em tempos:

Você pode usar o BankerFix de tempos em tempos utilizando o seu mecanismo de atualização. Para isto, vá até a pasta LinhaDefensiva em seu disco rígido (C:\ ou equivalente) e dê um clique com o botão direito do mouse no arquivo Iniciar-BankerFix. Selecione o menu Enviar Para e selecione a opção Área de Trabalho. Este procedimento criará um atalho para o BankerFix em sua área de trabalho (Desktop).

Toda as vezes na quais você for executá-lo, o BankerFix vai lhe perguntar se você deseja atualizá-lo. Confirme a atualização. Se existir alguma atualização, ele irá solicitar a confirmação para instalá-la e depois disto irá executar o BankerFix.

É necessário ser administrador do sistema para executar o BankerFix.

Fonte:www.caixadedicas.com

Categorias:Dicas, Soluções, Tutoriais

Como converter um filme para DVD e embutir a legenda

outubro 2, 2010 Deixe um comentário

 

Esse tutorial vai te ensinar como converter um filme para DVD e embutir a legenda no DVD gravado.

1° Passo: Baixe e instale o programa ConvertXtoDVD.

2° Passo: Abra o programa e clique no sinal de “+” para adicionar um arquivo de vídeo.

3° Passo: Encontre em seu computador o arquivo de vídeo que você deseja adicionar a legenda e converter.

4° Passo: Clique nesse ícone em frente ao arquivo que você adicionou.

5° Passo: Clique com o botão direito do mouse em cima de “Legendas” depois clique com o botão esquerdo em “Adicionar Legenda”.

6° Passo: Encontre em seu computador a legenda referente ao filme que você deseja converter.

7° Passo: Depois de inserir a legenda no programa, clique em “Converter” e espere converter, pode demorar um pouco dependendo do seu computador e do tamanho do filme.

8° Passo: Ao de terminar de converter o programa te da opção de gravar o arquivo convertido em um DVD virgem, caso você queira, é só inserir um DVD virgem na Unidade de DVD do seu computador  e clicar em “Gravar”.

Fonte:filmeshunter

Categorias:Dicas, Tutoriais, Variedades

Detector de movimentos no seu PC

setembro 12, 2010 Deixe um comentário

Software usa webcams da Logitech para enviar alertas

Se você quer segurança em seu PC, que tal colocar um detector doméstico de movimentos? Isto é totalmente possível com o software gratuito YawCam, compatível com as versões mais recentes do Windows e exigindo a instalação da máquina virtual Java da Sun e uma webcam da Logitech.

01. Primeiramente escolha sua câmera dentro do YawCam, apontado para Settings > Device > Change to.

02. Agora ligue o detector de movimentos ativando o botão Enable referente a Motion.

03. Para que a detecção funcione, faça as configurações necessárias indo em Windows > Motion detection.

04a. Guia Motion Events: Se a detecção está ligada, nesta guia você tem acesso a todas as fotos tiradas que provam que houve movimentação num dado horário.

04b. Guia Settings: Nesta guia, você pode definir se a imagem inteira pega pela webcam ou apenas uma parte dela será vigiada (Motion Detection in), o nível de detecção (Detection level) e a cor usada como base para detectar mudanças no vídeo (Mark Color).

04c. Guia Actions: Nesta guia, você pode definir que ações o YawCam tomará quando algum movimento for detectado. Para que o software funcione como um detector a distância, vamos configurá-lo para enviar e-mails, marcando Send E-mail e clicando no respectivo botão Settings….

05. Preencha os campos necessários e as informações do servidor SMTP de seu e-mail (SMTP Server) Na foto abaixo, estão as configurações para o servidor SMTP do Gmail. Para anexar imagens da detecção no e-mail, marque Attach Image e configure a qualidade das mesmas (Image options) e o controle de envio repetido (Flood control).

06. Veja a imagem do Gmail recebendo uma mensagem de detecção de movimentos – a imagem foi alterada para preservar o anonimato do usuário.

Faça o download deste tutorial em PDF

Fonte:Baboo

GUIA DE MANUTENÇÃO DE CD-ROM

setembro 10, 2010 Deixe um comentário

 

Antes de mais nada, siga estas regras de segurança:
1)O feixe de raios laser é extremamente perigoso, pois trata-se de radiação. Sendo assim, nunca olhe diretamente para o leitor quando o mesmo estiver em operação;Se houver necessidade de testá-lo aberto, coloque a tampa superior antes de ligar;
2)A radiação laser poderá ocasionar: desconforto visual, cegueira temporária e danos permanentes à retina.
3)Antes de desmontar seu drive, utilize uma pulseira anti-estática, ou descarregue seu corpo tocando em um cano d´água metálico.

:. Desmontando seu drive
Um breve overview da "vítima": não lê alguns cd´s e a gaveta não fecha intermitente.

268-01-small
268-02-small

Antes de mais nada, com o drive totalmente desconectado do seu micro, abra a gaveta dele, pode-se usar o orifício no painel.
Com a gaveta ejetada, force as duas travas para liberar a plaqueta da gaveta, conforme mostrado abaixo:

268-03-small

Liberado as duas travinhas, force com cuidado a plaqueta para cima:

268-04-small

Libere as 4 travas que fixam o painel frontal do leitor, que ficam nas laterais e em cima e embaixo do mesmo:

268-05-small

Puxe o painel para a frente:

268-06-small

Agora, solte os 4 parafusos por baixo do drive, que prendem a base inferior:

268-07-small

Observem a base inferior solta do drive:

268-08-small

Agora, é só soltar a base superior, puxando-a:

268-09-small

Detalhe do mecanismo "pelado": 😉

268-10-small

:. A limpeza da lente

Detalhe da lente do leitor laser, e a limpeza, com algodão seco e uma pinça.
Para limpar o leitor, faça movimentos circulares e com extremo cuidado, para não danificar a lente e as suspensões da bobina:

268-11-small 268-12-small

:. Ajustando o trimpot no leitor laser

O trimpot nada mais é do que um mini-potenciômetro. A função dele no leitor é justamente limitar a passagem de corrente elétrica sobre o diodo emissor laser, de forma a evitar danos ao mesmo.
Quando há problemas no leitor, geralmente o feixe de luz não consegue atingir de forma apropriada os foto-receptores.
Atuando-se sobre o trimpot, aumenta-se a corrente elétrica sobre o diodo emissor laser,o que provoca aumento de emissão.
O leitor ótico laser :

268-13-small 268-14-small

No detalhe, o trimpot:

268-15-small

Você pode ajustar o trimpot sem desmontar o mecanismo, usando uma pequena chave Philips;Gire levemente o eixo do trimpot no sentido anti-horário. Feche o drive e conecte ao seu micro. Se a leitura falhar, proceda o ajuste, em outro sentido (horário):

268-16-small

:. Solucionando o problema na gaveta (não abre intermitente, não permanece fechado)

Geralmente este problema é causado por oxidação na microchave da gaveta, ou desgaste na correia da gaveta. Recomendo fazer a limpeza da micro chave e troca da correia;Solte a travinha da gaveta, existem 2 travas, um em cada lado.Elas são diferentes.

268-17-small 268-18-small

Detalhes da micro chave (fios azul e amarelo) e da correia,já bem gasta:

268-19-small

Solte o parafuso da microchave, abaixo eu mostro ela e também a microchave, já solta:

268-20-small 268-21-small

Com uma lixa d´água, faça a limpeza entre os terminais da micro chave:

268-22-small

Feita a limpeza da micro chave e a troca da correia, basta montá-los em seus devidos lugares.

:. Caso a falha na leitura ainda persista…

Em alguns casos, pode ocorrer da graxa de silicone que faz o leitor deslizar secar. Neste caso, a solução é bem mais trabalhosa.Veja como fazer:
Solte o flatcable que conecta o leitor laser:

268-23-small

Vire o drive de cabeça p/ baixo e solte o flatcable dos motores Spin e Slide:

268-24-small 268-25-small 268-26-small

Desvire o drive, e solte os 4 parafusos que prendem o mecanismo:

268-27-small

Detalhe do mecanismo pré-solto:

268-28-small

Agora, libere os 2 parafusos que prendem o eixo do leitor,no detalhe mostro os parafusos e o eixo solto:

268-29-small 268-30-small

Com um pano macio, limpe o eixo com álcool,e aplique graxa de silicone. Na falta, pode-se usar vaselina.
Recoloque o eixo, parafuse o mesmo e monte o mecanismo à base, colocando os 4 parafusos.

:. Remontando o conjunto 😉

Recolocado o eixo do leitor, lente limpa, micro chave recuperada e correia nova, é hora de colocar primeiro a bandeja.
Observe na foto que há um pino que serve de guia para a bandeja se locomover, ele deve se alinhar à bandeja,ok? 😉
Na bandeja existem 2 pinos,um em cada canto dela. Alinhe os dois:

268-31-small

Empurre cuidadosamente a bandeja, se houver problemas, empurre a travinha para cima:

268-32-small

Recoloque PRIMEIRO as bases inferiores e superiores, e então o painel frontal,com a gaveta aberta:

268-33-small

Agora, resta recolocar a tampinha da gaveta:

268-34-small

Resultado final:

268-35-small

Fonte: Curso Conserto e Manutenção de Placa Mãe

Categorias:Dicas, Tutoriais

Microsoft lança e-book sobre segurança

setembro 9, 2010 Deixe um comentário

Livro está disponível gratuitamente

A Microsoft lançou um e-book gratuito que cobre diversos tópicos ligados à segurança. Embora seja voltado para adolescentes, o livro oferece um bom conjunto de informações sobre como usar a internet de forma segura, o que o torna uma boa opção para qualquer pessoa interessada no assunto.
Chamado "Own Your Space–Keep Yourself and Your Stuff Safe Online", o livro possui 256 páginas e 17 capítulos. Os usuários podem optar pelo download completo ou podem baixar os capítulos individualmente.
Download do e-book (apenas em inglês)

Fonte:baboo

Plaquinha mágica o Decodificador caseiro de Tv a cabo

março 30, 2010 Deixe um comentário

 


Todo mundo ouviu falar nesse ” Plaquinha mágica” que faz com que você assista TV a cabo grátis, mas será que funciona?

Seu uso é  ilegal,  mas a plaquinha mágica nada mais é que um decodificador ” descrambler ” eletrônico caseiro, que faz a inversão de vídeo que originalmente vem invertida nos canais de TV a cabo e SHF /  MMDS.
Serviço de Distribuição Multiponto Multicanal, também conhecidos como MMDS ou Cabo Wireless, é uma tecnologia de telecomunicações sem fio, usado para redes de banda larga de uso geral, ou  como um método alternativo de recepção de programação de televisão a cabo.
tocon TVA

Quando esse serviço (MMDS Analogo) era oferecido em São Paulo, se usava como receptor os famosos “TOCON” os jerrold 5507 , nessa época se usava uma placa semelhante para desinverter o vídeo e acertar o sincronismo para melhorar a imagem.

A inversão de vídeo é o método mais utilizado pelas operadoras de tv a cabo para codificar os seus sinais transmitidos, as partes escuras originas da imagens ficam brancas e as partes que era branca ficam escuras (como uma foto negativa de uma fotografia) e Já outros sistemas é feita apenas inversão DC de vídeo (polaridade de positivo para negativo) juntamente com o sincronismo vertical.

Realmente plaquinha mágica funciona, mas com qualidade de 40% a 80% do original, vale a pena correr todo esse risco?

Para quem quer conhecer esses decodificador ai vai alguns links, esse inversor é transistorisado super simples , inversor com o ic 4053 e  informações de como instalar no vídeo K7,esse tem a plaquinha externa SSAVI e hoje já existe até as placas decodificadoras microprocessadas e que utilizam PICs.

Também tem a opção de custo “0″!

Inverter os conectores RCA de vídeo

 

 

Fonte: eletronica.com

Categorias:Dicas, Soluções, Tutoriais